A ação da Medicina do Trabalho

images
Por Uniccat

O Centro de Medicina do Trabalho da Uniccat é especializado na prestação de serviços de altíssima qualidade em Medicina do Trabalho e sua principal diretriz é atuar em conformidade com as Normas regulamentadora (NRs) do Ministério do Trabalho e Emprego e as Instruções Normativas (IN) do Ministério da Previdência Social, afirma Dr. Luís Wagner Araujo Vieira, médico do trabalho.

O que caracteriza a ação da medicina do trabalho é o caráter real dos resultados obtidos sobre o trabalhador e em seu relacionamento com o ambiente que o rodeia, empregando os meios e instrumentos que lhe são próprios, com os quais exerce sua ação para chegar aos resultados almejados pela empresa.
O diagnóstico médico-clínico, realizado sob bases científicas e que leve a um parecer final deve seguir etapas fundamentais, para serem registradas, distribuídas e descritas nos formulários dos exames médicos que compõem o prontuário médico do trabalhador.


Do exame clínico bem conduzido procurando dele extrair informações as mais significativas possíveis, pois além de permitir uma melhor orientação na solicitação de exames complementares, proporciona uma relação médico/trabalhador mais efetiva. Criam-se assim meios para uma investigação de menor custo e se estabelecem as condições para o permanente encontro entre a confiança do trabalhador e a competência do profissional, o que trará mútuos benefícios. Os dados colhidos irão auxiliar bastante no diagnóstico e na conduta a ser seguida, numa situação onde a brevidade e a resolutividade são essenciais, permitindo ao médico dar uma informação confiável ao trabalhador sobre seu estado de saúde/doença de acordo com o que a legislação preconiza.

Segundo Dr. Luís Wagner, um serviço de Medicina do Trabalho, para alcançar sua finalidade básica,  deve contar com a colaboração de profissionais de formação distinta (médico, engenheiro, químico) que se tenham especializado em Medicina do Trabalho. No reconhecimento dos riscos à saúde existentes no trabalho, esses especialistas, ao estudarem determinado processo de trabalho, devem ter sensibilidade para suspeitar da presença de certos riscos que, aparentemente, inexistem em tal processo.

Periodicamente, são realizados exames para se ter uma noção exata de como estão as condições dos trabalhadores, referente à saúde e ao psicológico de todos da empresa.